PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE PEDREIRAS SE REÚNE COM MINISTÉRIO PÚBLICO, GERENTES DOS BANCOS, PROCON E ACIAP.


Não é de hoje que vemos reclamações de toda a população de Pedreiras e das demais cidades da região que buscam pelos serviços bancários aqui, da falta de dinheiro nos caixas eletrônicos, superlotação das agências e a demora nos atendimentos. Assim, o Presidente da Câmara Municipal de Pedreiras Vereador Bruno Curvina, convocou uma reunião com os gerentes do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Ministério Público, representante da Associação Comercial de Pedreiras e diretor do Procon, coma finalidade de resolver as situações mais reclamadas.

Segundo o Gerente da Caixa Econômica Federal de Pedreiras, Androaldo, o que vem causando a enorme fila que se estende da agência até o prédio da câmara é o pagamento do FGTS, a grande demanda, que acontecerá até julho. Devido ao grande número de pessoas que tem procurado o banco, uma das medidas que estão sendo tomadas é abrir a agência uma hora mais cedo para a realização de alguns atendimentos.

No Banco do Brasil o número de clientes aumentou por conta do fechamento de algumas agências nas cidades vizinhas, devido às explosões dos caixas eletrônicos. O Gerente Geral em exercício, Edoaldo Melo, garantiu que pelo menos nos dias mais movimentados irá anteceder o horário de atendimento. Em relação à falta de dinheiro nos caixas, foi relatado que o abastecimento é feito diariamente, apenas em dias úteis. Finais de semana e feriados prolongados os caixas não são reabastecidos por normas de segurança do Banco do Brasil.
O Promotor de Justiça, Dr. José Carlos foi o principal esclarecedor de dúvidas entre as cobranças do Procon, Aciap e as justificativas dos bancos. O Ministério Público ajudará por meio de ações judiciais os bancos e a população.

O diretor do Procon, André Vinícius, sugeriu aos gerentes a abertura de mais postos de atendimentos nos comércios da cidade. Em relação à Caixa, já conta com as Casas Lotéricas, duas em Pedreiras e uma em Trizidela do Vale. O Banco do Brasil possui dois postos de atendimento fora da agência, além dos Correios, mas a dificuldade em abrir mais é o medo dos comerciantes de receberem os valores de pagamentos de títulos e serem mais visados pelos criminosos.

Ambos os bancos possuem tecnologias que disponibilizam o cliente realizar a maioria dos serviços que estão sendo feitos na agência em casa ou na própria empresa, como aplicativos para smartphones e computadores. A empresária Margarida Carvalho, represente da Associação Comercial de Pedreiras se comprometeu a conversar com os empresários da cidade sobre essas facilidades e intermediar entre o banco e as empresas a aplicação dessas tecnologias, o que já diminuiria bastante o número de pessoas nas agências e o funcionário da empresa ficaria disponível para realizar outras funções.  

A reunião realizada hoje foi um passo importante para a melhoria do sistema bancário para toda a população pedreirense e região vizinha que ocasionalmente utiliza estes serviços. 


2 comentários:

  1. Reunião inútil, tenho certeza que nada do que foi discutido será aproveitado. O que as agências precisam é de funcionários pra atender a grande quantidade de clientes, e pra isso é necessário concursos, o resto é só balela

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Pedras Verdes, Pedreiras, MA, Brasil.