PROFESSORES, SINDSERP, VEREADORES E SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO DE PEDREIRAS SE REÚNEM PARA DISCUTIR PISO SALARIAL DA EDUCAÇÃO.


Na ultima sessão da Câmara de Vereadores foi discutido entre os vereadores e a presidente do SINDSERP, Ana Roberta, o piso salarial dos professores e o abono do Fundeb. A classe apresentou sua proposta de 10% de reajuste salarial, enquanto o piso nacional é de 7,64%. 

Na manhã desta quarta-feira (15), a presidente do sindicato acompanhada de outros professores esteve novamente na Câmara Municipal a convite da Comissão de Finanças, Orçamento e Tributos e da Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final da casa. Estiveram presente também a Secretária de Educação Maria da Conceição Cunha e o presidente da Câmara, Vereador Bruno Curvina. A reunião foi realizada com a finalidade de chagar a um acordo entre os servidores e município. 

A Secretária de Educação explicou aos presentes que já procurou os setores de administração e finanças do município e o orçamento só dá pra pagar os 7,64% repassado pelo MEC. Maria da Conceição se colocou a disposição para ouvir a proposta do sindicato. 

Ana Roberta iniciou agradecendo a oportunidade da reunião e frisou que é a primeira vez que esse tipo de conversa acontece. Ela disse que o que leva a crer que o município pode pagar mais é o exemplo das gestões anteriores, que pagaram um percentual maior do que o estipulado pelo MEC. A presidente do Sindserp falou ainda das irregularidades das gestões anteriores com a verba do Fundeb, como por exemplo, o remanejamento de professores para outras funções e professores afastados que são pagos com essa verba. Ela aproveitou ainda para pedir para reformular o plano de cargos e carreiras da classe, que ainda é de 2009. 

Em relação às irregularidades com a verba do Fundeb, a Secretária de Educação falou que este problema já começou a ser resolvido e que em pouco tempo tudo será regularizado. Ela lançou a proposta de reativar o Conselho do Fundeb para que o mesmo faça um estudo dos valores do município e lancem sua proposta. 

Ao final da reunião a classe de professores concordou com a proposta do município de receber de inicio o reajuste de 7,64% e que essa porcentagem possa ser reajustada mais na frente. 

O Projeto de Lei vai ser votado amanhã na sessão ordinária da câmara, para que no próximo mês os profissionais da educação já recebam seus salários com o aumento.





Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Pedras Verdes, Pedreiras, MA, Brasil.