DIRETO DA CÂMARA | SAIBA O QUE FOI COLOCADO EM PAUTA PELOS VEREADORES NA SESSÃO DESTA QUINTA-FEIRA (16).


Na sessão ordinária da Câmara Municipal de Vereadores desta quinta-feira, um dos principais assuntos da pauta foi a votação do piso salarial dos profissionais da educação. Também foi cobrada entre os vereadores a presença do Secretário de Finanças do município para prestar esclarecimento sobre atrasos salariais de alguns servidores, dentre outros assuntos a seguir. 

Ao iniciar os trabalhos da casa, o presidente da Câmara, Vereador Bruno Curvina, convidou para usar a tribuna o representante da comunidade Pau D’Arco, Ribamar Macêdo. Na oportunidade ele relatou o problema de abastecimento de água daquele povoado. Contou que na gestão do então prefeito Lenoilson Passos foi construído um poço artesiano no local, só que no projeto constava mais de 300m de profundidade, o que não aconteceu, devido a problemas, segundo ele, na hora da perfuração, o poço foi construído apenas com 138m, e que após 2 anos de sua construção já começou a apresentar falhas na disponibilização da água. Seu Ribamar contou ainda que o poço não está mais dando conta de encher a caixa d’água de 15.000 L que abasteceria o povoado e por isso foi a Câmara Municipal para fazer o pedido de um novo poço artesiano, desta vez com a profundidade correta. Os vereadores Gard Furtado e Adonias Quineiro já haviam entrado com o pedido do poço através de requerimento na casa, mas seu Ribamar Macedo reforçou o pedido. 

Dando sequência a presidente do Sindserpe, Ana Roberta, usou a tribuna para falar do acordo fechado entre município e sindicato, de aceitar a princípio o reajuste salarial de 7,64%. E ainda cobrou que o município deve apresentar provas calculadas e documentadas que não pode pagar mais que isso. Ana Roberta se dirigiu aos vereadores e enfatizou que o legislativo com poder fiscalizador sobre o município deve cobrar esses cálculos do executivo municipal. 

O Projeto de Lei foi votado e aprovado pelos vereadores, e no próximo mês os magistrados já receberão seus salários com o aumento. 

O presidente da Câmara Vereador Bruno Curvina, encaminhou através da mesa diretora uma moção de repúdio contra a PEC 287 que trata da reforma da previdência. A moção foi destinada ao Presidente da República, ao Presidente da Câmara dos Deputados e ao Presidente do Senado.

 Ribamar Macêdo - Representande do Pov. Pau D'Arco

 Ana Roberta - Presidente do SINDSERPE



Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Pedras Verdes, Pedreiras, MA, Brasil.