NECRÓPOLE | PADRE ZÉ GERALDO: "NÃO ESTÁ NA HORA DA GENTE TER UM NOVO CEMITÉRIO"?

Amanhecer - Cemitério do Alto São José em Pedreiras, MA.

Desde as primeiras horas da manhã já era grande o movimento de fiéis católicos em direção aos cemitérios da cidade, principalmente aqueles que procuravam o Campo Santo do Alto São José.

A missa este ano aconteceu fora do cemitério: abarrotado de um amontado de túmulos e pouco espaço para os vivos, resolve-se que seria melhor para todos que a celebração acorresse fora do necrópole. Mesmo com intenso movimentos de pessoas, a missa ocorreu muito bem. O que não estava muito bem era a situação do cemitério central de Pedreiras: superlotado, o cemitério São José, há muito tempo, e ainda recendendo centenas de defuntos anualmente, tanto de Pedreiras como Trizidela do Vale, está em uma situação calamitosa - pior para aquele que não tem um lugarzinho reservado por lá.

Com problemas administrativos, estruturais e de segurança, o cemitério do Alto São José está para não suportar mais tantos novos moradores. Durante a homília o padre Zé Geraldo questiona e chama a atenção do povo:

- Não está na hora da gente ter um novo cemitério?

- Há quatro anos venho batendo nesta mesma tecla. Não se faz cemitério, porque a pessoa que faz cemitério morre. Então me dá um terreno pro padre morrer. Faz isso! Dá um terreno. O padre morre! Tem problema não.

Ouça a homília de Finados:



CEMITÉRIO ALTO SÃO JOSÉ, PEDREIRAS, MA.
Comentários