CARNAVAL DE PEDREIRAS TEM PONTAPÉ COM FESTIVAL DE MÚSICA CARNAVALESCA


Tim Veras vencedor do 4º Festival de Músicas Carnavalescas de Pedreiras 

Do Blog  sandrovagner.blogspot.com.br


O 4º Festival de Músicas Carnavalescas realizado na Praça da Bíblia no bairro Prainha foi promovido pela prefeitura municipal, através da FUP - Fundação Pedreirense de Cultura, que tem como presidente Cajueiro Pacheco.

Jurados 

Ao todo se apresentaram 13 (treze) músicas. Intérpretes, e muita animação fizeram parte da abertura oficial do carnaval de Pedreiras. Dos quatro jurados, incluindo o presidente, dois deles vieram da cidade de Caxias.


O público compareceu para prestigiar, torcer para os participantes e se divertir muito com a descontração dos figurantes; um show à parte.


Antes do anúncio oficial do resultado pelo apresentador Coutinho Neto, o presidente da FUP, Cajueiro Pacheco, destrinchou um fato inédito nos festivais, pela primeira vez a decisão da primeira colocada foi através do voto de minerva do presidente do júri, Francinado Rodrigues, isso após todos os critérios ficarem empatados.


O terceiro lugar com 28,20 pontos ficou a música "Majestade do Ritmo", de Neto do Kawako e Edivaldo Santos, que foi interpretada pelo cantor Leandro, uma homenagem ao senhor Jurandir. O troféu e a quantia de R$ 1.000,00 (mil reais) foram entregues pelo músico Francinaldo Rodrigues.


O segundo lugar com 28,80 pontos foi para a música "UTI Brasil", de Brandinho, Ronálcio e Josivan, interpretada pelo próprio Josivan Pereira. A premiação incluindo troféu e R$ 2.000,00 (dois mil reais) foram entregues pela vereadora Cláudia Alencar.


E a grande vencedora foi "Fonte da Vida", com a mesma pontuação da segunda colocada 28,80, de Tim Veras, interpretada pelo próprio compositor. O presidente Cajueiro Pacheco fez a entrega do troféu e a quantia de R$ 3.000,00 (três mil reais).

Veja mais fotos


2 comentários:

  1. Informação de utilidade pública: É altamente recomendável que se evite a gravidez no momento. O problema é que muitas mulheres carentes engravidam de forma indesejada por não terem acesso à informação e aos métodos anticoncepcionais. Depois as mães carentes enfrentam diversas dificuldades para conseguir criar os filhos, sem acesso a saúde, educação e vida digna. Os filhos são os que mais sofrem no final.

    Médicos recomendam que mulheres evitem gravidez

    Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, o infectologista Artur Timerman, presidente da Sociedade Brasileira de Dengue e Arboviroses, desaconselha as mulheres a engravidarem agora, mesmo aquelas que moram em regiões sem surtos de zika.

    O presidente eleito da Federação dos Ginecologistas e Obstetras, Cesar Fernandes, ressalta que as mulheres que moram em regiões endêmicas para zika devem adotar “uma anticoncepção efetiva”. Já nas demais regiões “o princípio da precaução deve ser adotado”.

    http://opiniaoenoticia.com.br/brasil/medicos-recomendam-que-mulheres-evitem-gravidez/

    ResponderExcluir
  2. A doida de chuva de bosta pensa que festival de músicas carnavalescas é teatro ou circo.

    ResponderExcluir

Pedras Verdes, Pedreiras, MA, Brasil.