PEDREIRAS: APÓS 9 ANOS, PALÁCIO MUNICIPAL É REATIVADO


O Palácio Municipal, prédio que por várias décadas fora a sede do Poder Público na cidade de Pedreiras, que chegou a passar nove anos em estado de completo abandono, finalmente, depois de várias polêmicas para se chegar a uma conclusão do que voltaria a funcionar no local, o prefeito Totonho Chicote, atendendo uma necessidade de ter um local próprio para o funcionamento do seu gabinete e da Fundação Pedreirense de Cultura – FUP, tomou a decisão de que o espaço voltasse a ser reutilizado. 

Com a frustração do projeto que transformaria o prédio em um memorial do imortal João do Vale, onde ¨rios¨ de dinheiro proveniente do Governo Federal vieram para a realização do mesmo, e tudo desceu pelo ralo, diante disso, o gestor tomou uma postura em conjunto com o Presidente da FUP, o Chico da TV, e passarão a ocupar o mesmo onde segundo o Presidente da FUP, algumas já foram reservadas para o funcionamento de Instituições ligadas a arte e a cultura, além do gabinete do Prefeito.


As instituições que utilizarão o Palácio Municipal são as seguintes: Associção dos Artesãos Pedreirenses, Associação dos Artesãos do Vale do Mearim, Biblioteca Pública Municipal, Telecentro, Academia Pedreirense de Letras, Auditório, Escola de Música do Município, Contabilidade e Sala de Criação e Arte.




2 comentários:

  1. "grande obra" da administração passada, 1.200.000,00 só para pintar e lavar as telhas.
    Agora compreendo porque que qualquer um pode ser empreiteiro e bater no peito e dizer: tenho uma construtora. Home você me compre um bode!!! conselheiro estaduais de cultura, cadê vocês que tam caladim?

    Antônio do Mercado

    ResponderExcluir
  2. Um PATRIMÔNIO PÚBLICO dessa natureza não poderia mais ficar "ao relento". Pedreiras merece ter restabelecido o local em que fica sediado o Executivo Municipal, monumento histórico o qual não podemos abrir mão.
    Apesar de não poder mais acomodar toda estrutura da administração pública, é de bom alvitre o seu uso pela Municipalidade, que vem gastando "fortunas" com aluguéis, tendo prédio próprio! É um absurdo, e isso realmente não pode subsistir.

    ResponderExcluir

Pedras Verdes, Pedreiras, MA, Brasil.