A ORDEM DO DIA É A QUE TODOS TENHAM PAZ




Por Joaquim Filho 

Você já parou para refletir quantos problemas têm uma cidade do tamanho de Pedreiras? Se nunca parou para pensar, pare e reflita um pouco o que é viver Pedreiras. 

Para começar, antes que o sol surja com os seus primeiros raios de luz, muita coisa já tem acontecido; e a cidade já tem entrado num processo que chamamos de “máquina em movimento”, onde as engrenagens são as pessoas, seres humanos mutantes que estão correndo atrás de algo para a sua felicidade ou mesmo para suprir a sua sobrevivência. 

Ainda bem o dia não começa, lá estamos nós preocupados com os problemas do dia-a-dia e os afazeres diários que não são poucos: comprar o leite e o pão na padaria, se arrumar para ir ao trabalho, levar as crianças à escola, pagar as contas, resolver os problemas domésticos, preparar a matéria para divulgar nas redes sociais, o professor que vai dar aula, o médico que vai assistir ao seu paciente, o tempo de passar na casa dos pais, enfim... 


Costumamos dizer que certas notícias surgem da forma mais natural possível, sem ser preciso a necessidade de correr atrás, elas nos vêm como um vento, uma música, um sorriso de uma criança ou uma palavra de um ancião. 

Hoje (03) pela manhã, bem cedo, nos encontrávamos no Quartel de Polícia de Pedreiras, propriamente no Departamento de Trânsito Municipal, e de repente um detalhe nos chamou a atenção. Aproximamo-nos e fomos averiguar de perto do que se tratava; e, para a nossa surpresa, encontramos o Pastor Augusto, da 2ª Igreja Batista de Pedreiras, conversando com os policiais militares, transmitindo-os a Palavra de Deus. 

Em posição de respeito e muito atenciosos, não como quem ouve um superior hierárquico a dar-lhe ordens, mas um Pastor amigo que os orienta, os policiais prestavam atenção a cada palavra que era bem apropriada para o momento e para a profissão que os mesmos desenvolvem no seu dia-a-dia: manter a segurança dos cidadãos, sem usar da força, a violência e a corrupção. 

Após a palestra, o Pastor fez uma oração com todos os presentes e terminada a conversa com os militares, aproveitamos para entrevistar o Soldado Menezes e o próprio Pastor Augusto que falaram da importância de se ter esse momento de Paz, de Oração e um encontro maior com Deus antes que se vá para a rua, ou que se volte para casa para o descanso merecido depois de muitos problemas diários que a cidade oferece.

3 comentários:

  1. Olá, sou uma MÃE como tantas outras por ai que hoje enfrenta o drama do CRAK na vida do seu filho.Meu nome é Francisca, mas também posso ser Maria, Raimunda, Lourdes, Antonia,Rosa, enfim:posso ser qualquer uma destas que tambem vivem o problema dentro de suas casas.Assistindo o programa do Neto Corinto ao qual quero parabenizar pelo belo trabalho que o mesmo vem fazendo à frente da TV Band, ví uma denuncia que se referia da Rua do Campo como "CRACOLANDIA" e o que quero dizer é que este problema de DROGAS não se trata apenas da Rua do Campo, mas de toda a beixada Trizidelense, pois aqui na São Joaquim, Marmorana e Trav. Boa Vista o comércio de drogas está funcionando de vento em popa e com direito a pagar propina para os policiais que fazem ronda na calada da noite, digo isso com toda firmeza, pois tenho um vizinho que é "BOQUEIRO" e que diz claramente que paga para os policiais deixarem ele comercializar. Isso é um absurdo é;pois a gente já nãoi sabe a quem recorer para trabalhar em cima deste combate, uma vez que a POLICIA se passa por protetora e é a prineira a praticar injustiça. Hoje tenho um filho USUÁRIO, entrou neste mundo de drogas indo para a escola, através de outros maiores, uma vez que meu filho é de menor e foi usado pelo outros para ir na boca comprar, evitando assim, uma cadeia no caso de ser pego.Hoje sofro as consequencias de ver as transformações de meu filho que antes era de um rapaz meigo, educado e obediente, e hoje se transformou em um ser que desconheço, anda por ai mendigando, sujo e sem dignidade.Hoje me vejo acuada sendo alvo de criticas das pessoas que graças a Deus não tem esse problema em casa, e que se acham no direito de apontar o erro do meu filho como se fosse "falha" de minha criação.Porém sou uma mulher que confio em DEUS, sei que todo poder advém primeiro dele, e tenho consciência que não criei meu filho para este mundo,sempre procurei discipliná-lo na educação e no respeito, porém infelizmente, o mundo fora da casa da gente tai, proporcionando tudo aquilo que vem contrário ao que eu e outras mães desejam aos seus filhos.E aqui, quero neste dia que se aproxima o dia das Mães, pedir que este desabafo seja divulgado, que as autoridades possam desempenhar seu papel com dignidade, que o GESTOR de TRIZIDELA possa olhar esse problema com altivez e determinação na coletividade de ajudar essas mães que assim como eu somos "PÃES" PAI e MÃE na vida de nossos filhos, que os politicos evitem dar colaborções como: bebidas alcoolicas e cigarros para estes jovens, o que é demais nas campanhas politicas aqui na baixada, e isso só tem contribuido para que nossos filhos se percam ainda mais. Que o Major Onorio e sua esposa Gardenia possam averiguar suas patrulhas noturnas quanto a essa denúncia que fiz acima,pois é advinda de um Traficante aqui da baixada, que seja criada uma casa de recuperação em nosso municipio para mães de baixa renda, pois não temos como pagar para internar nossos filhos.O meu desejo é que seja feito algo, pois só quem vive o problema é que sabe o tamanho dele. Francisca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Francisca, me emocionei bastante com seu desabafo de Mãe, você relata seu problema e faz um apelo a nossa sociedade, acredito que não deve ser fácil ter um filho dependente quimico em casa, pois já ouví muitos testemunhos de mães que é desesperador.Fiquei chocada por demais quando você diz que a POLICIA está recebendo PROPINA para deixar o comercio de DROGAS passar despercebido, sou daqui do bairro Aeroporto, e aqui também sofremos com este problema, muitos jovens estão se deixando destruir pelo vicio, e o pior é que a gente elege uma Câmara com 11 vereadores e não vemos nenhuma manifestação por parte deles para exigir do Prefeito que algo seja feito e de URGÊNCIA para resolver ou pelo nenos amenizar este grave problema. Temos ai a casa NOVA VIDA,do Pastor AUGUSTO, ao qual quero parabenizar pelo trabalho que vem fazendo com aqueles jovens que ali estão,só que nem todos tem condições de colocar seu filho lá uma vez que tem um custo financeiro a pagar, é justamente aí que necessitamos dos nossos GOVERNANTES POLITICOS, que como você bem fala Francisca, eles só contribuem para que o problema cresça, patrocinando todo dono de bar para fazerem festas todos os dias no meio das ruas de nossa cidade, quando chega a campanha politica, dão é de caixa de bebida aqui no bairro, como é que vamos conseguir amenizar este problema? Nas quero te dizer amiga, que DEUS irá iluminar sua vida e seu filho vai receber esta luz através de você, pois DEUS É DEUS, e nunca ví uma causa ser colocada nas mãos dele para não ser resolvida. FELIZ DIA DAS MÃES para VOCÊ. JOANA CREUSA-AEROPORTO.

      Excluir
    2. MAJOR HONORIO, tá na hora de averiguar esta denúncia desta mãe acima, pois ela é bastante grave meu amigo.Se a nossa POLICIA realmente está do lado dos TRAFICANTES, o que vai ser da nossa TRIZIDELA que já tá se afundando no CRAK? LUIS MARCELO- JERUSALÉM.

      Excluir

Pedras Verdes, Pedreiras, MA, Brasil.