O CLAMOR DO RIO MEARIM


Recorte do Jornal O Estado, onde o então deputado Kleber Carvalho Branco demostrava imensa preocupação com a condição do Rio Mearim

"O Maranhão, ao longo dos anos, usou com muita eficiência o seu sistema fluvial. Caudaloso rios formavam essa bacia por onde a produção era escoda. Entre eles o Rio Mearim que hoje agoniza graças a devastação de suas margens e poluição de suas águas pelos dejetos dos esgotos das cidades ribeirinhas e industriais. A situação do Rio Mearim começa a ser discutida num esforço comum, que visa salvar, segundo o deputado Kleber Carvalho Branco, aquele que foi o mais importante rio do Estado, não só pela condição de navegabilidade e também como produtor de alimentos. Várias reuniões foram feitas, delas participaram dirigentes municipais da região e órgãos governamentais, o deputado Kleber Carvalho Branco concedeu a seguinte entrevista:" 

Arquivo Pedras Verdes: Rio Mearim, Pedreiras, MA, BRASIL.

O trecho introdutório acima, feito pelo Jornal O Estado, fazia um breve resumo do que seria a entrevista de Kleber Branco, que naquela época, já demostrava grande preocupação com o Rio Mearim. Hoje se vê que a situação do rio, só confirma o que o deputado já previa. 

O mal uso dos recursos naturais do Rio Mearim e da estrutura que o cerca, inegavelmente, está acelerando processo de assoreamento e devastação, com intensa poluição, além de comprometer de forma contundente a biodiversidade do rio. Peixes como lírio e surubim que antes eram capturados com fartura e com boas proporções, agora, estão cada vez mais raros e caros - em breve terão o "status" de iguaria exótica

Esses e outros argumentos fizeram parte do 'dossiê' para a criação do Comitê de Bacia do Mearim, o primeiro do Maranhão, que na última sexta-feira foi aprovado pelo Conselho Estadual de Recursos Hídricos. 

Um grande feito em prol da natureza e da comunidade pedreirense e, um grande gesto, que esperamos não cair no esquecimento como tanto outros - viva o Mearim!

  
Crédito: Patrício Oliveira, Por-do-sol, Rio Mearim em Pedreiras, MA, BRASIL.

4 comentários:

  1. Quando da procissão de São Pedro deste ano, me aproximei das margens do Rio e fiquei estupefato com a poluição do nosso Rio, bolhas de gás e a água meio "grossa" me fizeram vêr que se não cuidarmos o Rio Mearim logo morrerá.

    ResponderExcluir
  2. Não podemos deixar morrer nosso maior patrimônio ambiental - o Rio Mearim!

    ResponderExcluir
  3. Pôr-do-sol, e não por-do-sol.

    Dr. Dalluz Guedys
    Advogado - São Luís/MA
    Com especialização em Gramática da Língua Portuguesa.

    ResponderExcluir
  4. Nem o cão lê essas letras de jornal

    ResponderExcluir

Pedras Verdes, Pedreiras, MA, Brasil.