PDT LAMENTA MORTE DE NEIVA MOREIRA


Foi com grande pesar que o PDT de Trizidela do Vale recebeu nesta manhã o falecimento do ex-deputado federal e jornalista Neiva Moreira, 95 anos, um dos grandes nomes do cenário politico do país e um dos fundadores do PDT no Maranhão. 

Quem conhecia o Neiva sabe de seu amor eterno pelo Maranhão; sabe que o Maranhão foi o eixo em torno do qual ele teceu a sua vida pública e sua militância política. Falo assim para aliviar o nosso sentimento de dor diante de um momento que sabemos que um dia todos chegaremos, mas diante do qual todos sentimos a mesma impotência e perplexidade. 

Um desenlace que nos abre tantos interrogantes sobre o sentido da vida e da morte, e nos coloca a necessidade de fazer balanços e retrospectivas…Nestes momentos a pergunta que mais martela nossa cabeça é: qual deveria ser a punição para quem mata um sonho? Que pena merece quem nos tira o sonho que nos alimenta a vida? 

E enquanto não encontramos a resposta vou aqui poetizando que era uma das coisas que ele mais gostava quando foi exilado ele costumava declamar o poema a “Canção do Exílio da nossa maior expressão poética que o Brasil e o nosso Maranhão já viu, Gonçalves Dias ”. Ele recitava como se fosse de sua própria autoria, tal a identificação que sentia com aqueles versos, principalmente com os que enfatizava sempre: 

Não permita Deus que eu morra, sem que eu volte para lá”… Minha terra tem palmeiras, Onde canta o Sabiá; As aves, que aqui gorjeiam, Não gorjeiam como lá. (…) Não permita Deus que eu morra, Sem que eu volte para lá; Sem que desfrute os primores Que não encontro por cá; Sem qu’inda aviste as palmeiras, Onde canta o Sabiá. 

Neiva Moreira sobe para o andar de cima para encontrar-se com amigos pedetistas de longas datas como Leonel Brizola, Darcy Ribeiro e Jackson Lago. Nós que fazemos a imensa família de amigos e à militância pedetista maranhense deixamos aqui os nossos mais sinceros sentimentos de pesar. 

Kariádine Maia 
Presidente do diretório Municipal do PDT de Trizidela do Vale

1 comentários:

  1. Pouquíssimos políticos no Brasil descansam com a consicência tranquila. Neiva Moreira descansou com a consciência do dever cumprido.
    Quando morre um homem como Neiva Moreira, a impressão que a gente tem é que os políticos corruptos e cafagestes viverão para sempre.
    A quem muito lutou pela liberdade e a igualde de expressão do povo brasileiro, o Maranhão deveria era honrar a sua memória com mais respeito e dignidade.

    JOAQUIM FERREIRA FILHO
    RUA CORINTO NASCIMENTO, 39 - GOIABAL
    (99) 8110.3668 - po.eti.zando@hotmail.com

    ResponderExcluir

Pedras Verdes, Pedreiras, MA, Brasil.