Marcílio, Simplício e Elcinho, participam de manifestação em apoio a Altamira do Maranhão, Brejo de Areia e Vitorino Freire



Dezenas de moradores de Altamira do Maranhão, Brejo de Areia e Vitorino Freire fizeram sábado (25) uma grande manifestação no povoado São João do Grajaú, conhecido por ‘Furo’, às margens do Rio Grajaú. Eles pedem a conclusão da ponte sobre o Rio.
O povoado Furo pertence a Vitorino Freire. Lá existia uma ponte que servia de travessia para os municípios de Altamira do Maranhão e Brejo de Areia. Em 2007 a ponte desabou. No ano seguinte foi iniciada a construção de uma nova ponte que até hoje não foi concluída. Durante o ano de 2011 a obra ficou paralisada.
Para atravessa o rio Grajáu os moradores só tem duas opções. No verão é construído uma ponta de madeira. No inverno, com a cheia do rio, tem que atravessar em balsas improvisadas com canoas. Três canoas são amarradas entre si e servem para transportar pessoas e até veículos.
Durante todo o dia o movimento é intenso às margens do rio Grajáu. O perigo é constante. Já houve casos de morte em decorrência de acidentes com as canoas. O transporte de toda a mercadoria que tem como destino Altamira e Brejo de Areia também é feito em canoas. Essa dificuldade encarece o preço dos produtos, além de ser motivo de transtorno pela demora na entrega.
“A gente não aguenta mais essa situação. Isso é um desrespeito com o povo dessa região”, desabafou Maria do Rosário, 43, moradora de Altamira.
Luis Silva, 33, do povoado Furo, chamou a atenção das autoridades: “Nós atravessamos aqui com o coração na mão. Com medo de morrer. Eu só peço que os nossos políticos vejam isso e lutem pela construção da nossa ponte”.
Deputados participaram do protesto
Os deputados Domingos Dutra (PT) e Simplício Araújo (PSB) participaram da manifestação organizada pelo Sindicato Rural e entidades representativas das comunidades. Eles vistoriaram a obra paralisada e afirmaram estarem “chocados” com a situação.
Eles cobraram uma ação imediata do Governo Estadual para a retomada da construção da ponte sobre o rio Grajaú. Dutra afirmou que vai levar o caso do Ministério Público Estadual em uma audiência que terá com a Procuradora Fátima Travassos.
 
 

5 comentários:

  1. Vão procurar o q fazer bando de desocupados, pq o deputado não coloca uma emenda para concluir a ponte, Ops! ele não tem emenda, ele é suplente!!! fica fazendo politica com a miséria do maranhão!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo vc precisa de uma ponte onde ela funcione tewmporariamente? provavelmente, NÂO! Você é mt imbecil...não precisamos mais de emendas para para cocluir ponte idiota. A grana ou está com Rosmingana ou com a empresa que ganhou a licitação. Deixa de babá ovo, ou melhor, babá esta mulher que nem ovo tem, e olha para o povo sofrido da região que necessita da ponte babbaaaaaaoooooooooooo!

      Excluir
  2. Coroné Antonio Bento28 de fevereiro de 2012 17:12

    O que Marcilio Ximenes está fazendo ai mesmo, rapaz procure vender as motos do seu patrão. Você é um simples empregado.

    ResponderExcluir
  3. CONCORDO PLENAMENTE COM O CORONÉ VAI VENDER TUAS MOTOS MARCILIO TU NÃO É POLITICO TU É BESTA, VAI TRABAIÁ VAGABUNDO.

    ResponderExcluir
  4. Eita Macilio vagabundo vai vender tuas pops

    ResponderExcluir

Pedras Verdes, Pedreiras, MA, Brasil.