COLUNA DO PG | O famoso discurso de JOÃO DE BRONZE de Pedreiras.



João de Bronze
Quando da inauguração da sede dos estivadores de Pedreiras-Ma, o então presidente, o vereador João de Bronze, um negro racista metido a intelectual, porém pouco estudado, inicia seu discurso com base num quadro que estava exposto na parede da sede. Mas deixa que o quadro simbolizava o descobrimento das Américas. Os apartes são feitos por um gaiato que tenta avacalhar o evento.

 O DISCURSO

-Apôis bem, sinhores e sinhoras, assim cuma Cristóvio Colômbio discubriu as América, nóis afundemos esta ingrimiação, e afundemos sim, para qui no preterio do presente mais adiante na frente, quando nossos fio chegá cheio de orgúio e preguntá: - Meus pai, foram ôces intonce qui afundaram ela ? Aí intão, nóis arrisponde tudo pela uma boca só. Fumo, fumo e fumo.

O gaiato gritou: - Cala a boca negão !

-Nêgo sim, porém o sangue qui corre as aspiderme das vêia num infului, infului sim a comportação do individe, principarmente quando o individe véve com as dificulidade qui a vida alferece, transformando as xanxe em pógresso.

O gaiato gritou: - Tira esse negão daí !

-Nêgo sim, mas porém um autista, e um autista é cuma um trem, qui inscurega nos trio sempre em busca de dias mais mió.

O gaiato novamente gritou: - Tira esse jumento daí !

-Sou um quadrupéde não négo, mais essa massa becefálica qui eu tenho na cabeça é qui mi elevou aos epogeu dos pico das pulíticas. E vou concruir meu discuso, com a famosa parabola do famoso filosofo Socrates: É justamente divide a ingnorânça e a indiotice, que nem Pedreira e nem o nosso país Brasil não vai pra frente. Munto obrigado.

Homenagem do poeta Paul Getty a essa figura folclórica, que fez história na cidade de Pedreiras. Hoje imortalizado na música LINHA IMAGINÁRIA. "João de Bronze tua arte não me cansa".

Paul Getty S Nascimento
Poeta, compositor e membro da APL – Academia Pedreirense de Letras

CONSELHO TUTELAR DE PEDREIRAS RECEBE VEÍCULO NOVO


PREFEITO AGILIZA RECEBIMENTO DE VEÍCULO PARA O CONSELHO TUTELAR DE PEDREIRAS.

Em viagem de trabalho à São Luís, nesta terça-feira, 03/01, o prefeito Antônio França, acompanhado do Deputado Fábio Macêdo, do conselheiro Rawlyson Silva, e de assessores, estiveram viabilizando a liberação de um veículo para o Conselho Tutelar de Pedreiras.

Após acompanhar a vistoria do carro, o prefeito informou que toda documentação necessária para o recebimento do veículo está sendo providenciada.

O veículo foi adquirido com Recursos Federais, através de ação da União de Conselheiros e Ex-Conselheiros Tutelares do Estado do Maranhão – UNICECTMA.

Segundo Antônio França, a previsão é que dentro de um prazo máximo de 10 dias, o automóvel já esteja em Pedreiras para que os conselheiros façam seu trabalho com mais eficiência.

ASCOM - Prefeitura Municipal de Pedreiras.

A verdadeira oposição em Trizidela do Vale



Nos últimos anos, nós do PDT em Trizidela do Vale mostramos que somos a verdadeira oposição em nossa cidade. Não declinamos diante das dificuldades e nos mantivemos leais ao povo trizidelense. Não há dinheiro ou negociata que nos impeça de lutar pelas causas dos menos favorecidos, que são a maioria em nossa cidade. No cenário atual, a população sempre está à margem e nunca é prioridade nos planos de nossos políticos. Há aqueles que se comportam como oposição, e deveriam combater aos atos corruptos do prefeito, mas infelizmente se curvam às negociatas e ao dinheiro fácil, porém indigno.

A eleição para a presidência da Câmara Municipal é um exemplo claro da infidelidade de alguns vereadores com os seus eleitores, que acreditaram nas promessas de campanha. O prefeito não poupou esforços para comprar votos na eleição, para que um dos seus fosse eleito. Tal ato, compromete e coloca em xeque todo o processo democrático. Afinal, com o Legislativo em suas mãos, quem o fiscalizará? Com parte da oposição, declinável e subserviente ao poder monetário e a interesses próprios, o coronel se sentirá livre para fazer o que bem entender. Já o vereador que não se manteve fiel a sua ética, não terá moral alguma para questionar o “gestor”.

Nós do PDT, hoje representado na Câmara pelos vereadores Dalci e Luciane, somos a verdadeira oposição em Trizidela do Vale. Nos mantemos fieis aos nossos ideais e ao povo que elegeu os nossos dois bravos guerreiros, na esperança de que tais atos sejam combatidos. Somos o PDT, o trabalhismo é a nossa bandeira e o povo é motivação de nossa luta.

Kariádine Maria

PROF. RICARDO | 2016, UM ANO QUE AINDA VAMOS OUVIR FALAR MUITO


Ricardo Costa Gonçalves*

Ainda vamos ouvir falar muito desse ano de 2016, sobre o qual talvez não tenhamos, no momento, exato tamanho do significado histórico. Porém, algumas certezas permanecem: a de que a democracia sofreu retrocesso e a de que um projeto de governo mais inclusivo, que buscava o desenvolvimento com distribuição de renda, foi substituído por outro de retorno dos ideais neoliberais, decidido em defender os interesses de elites econômicas. Essa substituição se deu por meio de um golpe parlamentar, com apoio decisivo de setores do judiciário e da mídia.

O impedimento da presidenta Dilma Rousseff sem comprovação de crime de responsabilidade foi só o primeiro ato do golpe. Além desse, seguiram-se medidas de ataques aos direitos sociais e impopulares, como a PEC 241/55, do teto dos gastos públicos, que na verdade muda à essência da Constituição de 1988, bem como mudanças de rumo na política internacional, privatizações, flexibilização do regime de partilha da exploração do Pré-sal, propostas de reforma da previdência e trabalhista, entre outras. Além disso, A exclusão dos trabalhadores, das mulheres e dos negros na composição do governo Temer já foi um recado: o seu programa de governo seriauma destituição de direitos em favor de uma maior acumulação rentista, conforme estamos assistindo.

São alterações significativas realizadas por um governo com um programa que não foi submetido à aprovação das urnas e que só se tornam possíveis porque o debate está interrompido no país, e limitado a dois temas esmiuçados pela mídia hegemônica como os grandes problemas do país: a corrupção e a suposta farra fiscal da época do PT no governo.

No momento atual, todos os avanços e conquistas sociais presentes na Constituição de 1988 estão sendo atacados e destruídos. Os conservadores/golpistas desrespeitam as instituições e as controlam, pondo-as a serviços do retrocesso. Atualmente, os direitos sociais são olhados por muitos como abusivos, como privilégios de poucos contra o interesse da maioria.

Outro ponto a ser destacado é o conservadorismo do Congresso Nacional. É o Congresso mais conservador dos últimos anos. O financiamento empresarial das campanhas eleitorais em 2014 resultou no controle do Congresso pelo grande capital. Cerca de dez grupos empresarias elegeram mais ou menos 70% dos parlamentares, que constituíram bancadas de interesses privados. Essa maioria que se configurou no Congresso Nacional defendem interesses neoliberais, impõem uma agenda dura de ajustes na economia, o Estado mínimo do ponto de vista das políticas de proteção social, as privatizações e o desmantelamento do ainda incipiente Estado social.

As eleições municipais deste ano foram outro fato de confirmação da onda conservadora que atinge o país. A maioria dos eleitores – o que inclui grande parte de setores dos trabalhadores – manifestou sua insatisfação com o sistema político votando nulo ou branco, ou deixando de votar nas eleições. E os que apareceram para votar optaram pelos partidos de direita. No entanto, essa insatisfação da população não pode ser confundida com uma direitização geral da sociedade. As eleições em São Paulo expressa essa situação. O João Dória se elegeu com 32% do total de votos, aí incluídos, brancos e nulos e abstenções; 68% não votaram nele.

O golpe parlamentar é o fim do pacto que foi estabelecido entre as elites e os trabalhadores pelos governos do PT nesses últimos anos. Os conservadores/golpistas combatem abertamente as oposições sociais e políticas, criminaliza os movimentos sociais, prende suas lideranças, ataca a liberdade de expressão, planta grampos de escuta e aumenta o controle. É o fim de que os direitos dos cidadãos serão respeitados.

Os conservadores/golpistas desejam uma sociedade a serviço do mercado, para poder maximizar seus lucros. E essa forma de sociedade se choca com o paradigma da democracia e do respeito aos direitos humanos que de certa maneira, convivia com a lógica do mercado no período anterior.

Existe um debate entre os militantes democráticos de que a prioridade não é mais a negociação no plano da política institucional, olhando para o governo e o poder consolidado. A prioridade passa a ser o trabalho com a sociedade civil, a disputa de valores ético-políticos, a análise critica das políticas de governo, o trabalho de formação política, a articulação das diversas vozes que se organização na defesa de direitos.

Diante da ausência de dialogo e de negociação por parte do governo restam aos cidadãos e cidadãs a postura da resistência democrática e a desobediência civil.

Em 20017, não haverá vitória sobre os conservadores/golpistas sem a construção de uma nova institucionalidade política. A militância democrática terá de apresentar um novo projeto para o país, se espelhando em experiências nacionais e internacionais, para propor novas instituições e mecanismo que permitam ao povo brasileiro superar este momento autoritário de 2016.

Quero desejar a todos boas festas e que em 2017 possamos renovar nossas esperanças em um país mais justo e igualitário.

_
* Professor, graduando em Matemática, mestrando em Estado e Políticas Públicas FPA/FLACSO, ex-diretor do C.E. M Olindina Nunes Freire, ex-secretário de Educação do município de Pedreiras, ex-assessor especial da prefeitura de Pedreiras, ex-superintendente adjunto do INCRA, técnico do Núcleo de Extensão e Desenvolvimento LABEX/UEMA e militante do Partido dos Trabalhadores - PT.


GOVERNO FRANÇA | MUDANÇA NO PRIMEIRO ESCALÃO


NOTA DE ESCLARECIMENTO AO PÚBLICO.

O prefeito eleito de Pedreiras vem tornar público que a enfermeira Valdete Maria Cruz de Lima, anteriormente anunciada como futura titular da Secretaria Municipal da Saúde, optou por continuar no cargo de Gestora Regional de Saúde de Pedreiras, órgão administrativo do Governo do Estado do Maranhão, e assim, contribuir de forma mais efetiva na parceria do Governo do Estado com a Administração Municipal, o que demonstra seu compromisso com a futura gestão e o respeito com a população pedreirense.

Diante do exposto, o prefeito eleito Antônio França indica a também enfermeira Karenn Cynthia Santos e Silva Borges para o cargo de Secretária Municipal de Saúde no seu futuro governo. 

                      Antonio França de Sousa.
                     Prefeito eleito de Pedreiras.

Hoje tem!

COLUNA DA MÔNICA | INTRODUÇÃO ALIMENTAR- PARTE I- QUANDO INICIAR?


Olá,

Quando chega a hora de iniciar as primeiras “colheradas” dos nossos pequenos toda mãe sente uma aflição. Vamos tratar hoje da fase ideal para que essa etapa se inicie. Mas antes, quero informa-los, que a INTRODUÇÃO ALIMENTAR por ser um assunto detalhado e extenso, trataremos dele por partes. Inicialmente, falaremos do “momento” em que deve acontecer e nos posts seguintes, em como isso se dará.

Os primeiros anos de vida de uma criança é fundamental, uma vez que alterações ou desajustes em fases precoces da vida podem resultar em consequências em longo prazo para as funções fisiológicas, e a nutrição, assume papel crucial nessa fase. A carga cultural que herdamos, nos faz, muitas vezes, comprometermos todo o hábito alimentar e estado nutricional das crianças.

Uma série de informações duvidosas são recebidas quando chega a fase da criança iniciar suas “primeiras colheradas”, mas será que estamos realmente fazendo o que é correto¿ Raras as vezes em que se procuram um profissional para receber as orientações necessárias, para iniciar uma fase tão importante e perpétua da vida dos nossos filhos.

Tudo se inicia com o leite materno, que é o alimento ideal para o bebê, sendo exclusivo nos primeiros seis meses de vida. Segundo a Organização Mundial de Saúde, a amamentação é fundamental para a saúde e desenvolvimento da criança devido às vantagens nutricionais, imunológicas e psicológicas. Depois dos seis meses, com o objetivo de suprir suas necessidades nutricionais, a criança deve começar a receber alimentação complementar (AC) segura e, nutricionalmente, adequada junto à amamentação, até os dois anos de idade ou mais.

Mas porque não iniciamos antes dos 6 meses essa AC? É desaconselhável a prática de oferta de alimentos sólidos e pastosos nos primeiros seis meses, pois a maturidade fisiológica da criança não foi desenvolvida o suficiente, e até então, o leite, por si só, atende as necessidades. Essa idade ideal foi determinada pois aos 6 meses, a criança começa a sentar sem apoio do tronco, já consegue pegar os alimentos e levá-los à boca, passar de uma mão a outra, além de ter a mastigação e deglutição mais coordenada, começa a perder o reflexo de protrusão da língua e toda a visão está mais nítida e clara.

O início precoce da introdução alimentar acarreta grandes prejuízos, pois, os rins e o sistema digestivo da criança menor de seis meses ainda são imaturos, limitando sua habilidade em manejar alguns componentes diferentes do leite humano. Existe ainda a vulnerabilidade à diarreias, infecções e desnutrição, que podem levar ao comprometimento do crescimento e do desenvolvimento. Além disso, a introdução prematura de alimentos faz com que a criança passe a mamar menos, com consequente diminuição da produção de leite pela mãe, redução na duração do aleitamento materno, diminuição da eficácia da amamentação como meio contraceptivo e forte interferência no comportamento alimentar da criança.

E os bebês que já desmamaram e estão somente com fórmula infantil, quando iniciar a alimentação complementar? A orientação da Sociedade Brasileira de Pediatria, da Academia Americana de Pediatriae do European Society for Paediatric Gastroenterology, Hepatology and Nutrition(ESPGHAN) é que, na impossibilidade de aleitamento materno, seja usado fórmula infantil. A introdução alimentar deverá seguir o mesmo padrão preconizado para aquelas que estão em aleitamento materno exclusivo, ou seja, a partir dos 6 meses. Isso pelo próprio fato do desenvolvimento da criança não estar apto para receber sólidos antes disso. Mas o ideal, é que seja feita uma análise especial para as crianças ofertadas por fórmulas, de um especialista na área (médico pediatra), para encontrar um boa recomendação de período de introdução, pois, são analisados, fatores como desenvolvimento e estado nutricional da criança em questão.

O início tardio dessa AC também é desfavorável, pois como já mencionado, a partir dos 6 meses o leite materno, sozinho, não é mais suficiente, porém não deve ser excluído, permanecendo até aos 2 anos ou mais. Podem ocorrer consequências como, aumento do risco de deficiências nutricionais, podendo ocorrer um retardo no crescimento das crianças, e até mesmo de doenças alérgicas, ocasionadas pela não formação de enzimas necessárias para digestão de determinados alimentos que não expostos as crianças na época certa.

Conhecendo pois, como se dá o início, ressalto, não descartem os profissionais que acompanham seus filhos, eles terão a maior capacidade de orientá-los quando as medidas a serem tomadas.


Contatos:
Atendimento Seg. à Sex. Hospital Walber Rodrigues da Cruz
Atendimento Domiciliar
Fone: (99)981969705 Email: monica.brasilleal@hotmail.com

PEDREIRAS | ANTÔNIO FRANÇA FAZ IMPORTANTE PEDIDO A REPRESENTANTE DA UFMA


Após inauguração do IFMA, o prefeito eleito Antônio França, se adiante e já procura caminhos para que Pedreiras possa ter um centro administrativo próprio.

França aproveitado o momento e a presença de tantas autoridades na inauguração do Campus do IFMA de Pedreiras, fez um pedido especial aos representantes do Governo Federal, mais exatamente à Pró-reitora de Recursos Humanos da UFMA e ao deputado federal Juscelino Filho. O prefeito Eleito, com o olhar atento de políticos, líderes comunitários e empresários locais, pediu para que o antigo CRUTAC /SUCAM /FUNASA, onde hoje funciona as Unidades Regionais Saúde e Educação e alguns departamentos da prefeitura de Pedreiras, seja doado ao município para que seja construído um Centro Administrativo.

Presentes, observaram o ato do prefeito e concordaram e acharam justo o pedido

Muita gente ainda lembra: O CRUTAC, que inicialmente ocupou aquela área, é um dos mais antigos programas de extensão do Governo Federal para suas Universidades. O Programa Centro Rural Universitário de Treinamento e Ação Comunitária (CRUTAC) apesar de não existir mais no Maranhão, ainda pode ser encontrado em algumas universidades. no Ceará, por exemplo, está até passando por reestruturação. O programa, que é nacional e surgiu em 1972, destina-se a estudantes dos últimos semestres dos cursos de Medicina, Odontologia, Enfermagem e Fisioterapia. Esses alunos passam, obrigatoriamente, um mês em municípios do Interior do Estado, atuando na área de saúde pública, principalmente na atenção primária.

A nova proposta do CRUTAC é muito boa, mas, infelizmente em Pedreiras, há muito tempo foi desativado. Há um sonho antigo de que a área hoje almejada pelo prefeito eleito, seja ocupada um dia pelo pela Universidade Federal. Sabe-se que pedidos foram feitos ao Governo Federal, mas sem êxito.

De lá para cá, a imensa e valorosa área que ainda pertencente a Universidade Federal do Maranhão tem servido para outros fins. Já foi quartel da SUCAM (Superintendência de Campanhas de Saúde Pública), que depois virou FUNASA (Fundação Nacional de Saúde) e agora serve ao Estado e Município auxiliando na Gestão.

A verdade é que o local hoje é subutilizado, degradado e aos poucos vai se deteriorando. Um exemplo do que tem de bom no local é o Auditório João Vale, espaço público que se encontra abandonado. Uma área excelente para realização de inúmeras atividades junto a comunidade está esquecida. Além das salas e gabinetes que apenas juntam mofo, o que mais chama atenção é a excelente localização e o grande área, que se bem planejado pode ser um magnifico lugar para utilização do povo de Pedreiras.

Na primeira imagem de 2011 está o acesso principal da "SUCAM"- Na segunda imagem podemos ter a noção da tamanho da área. 

 Vista lateral da SUCAM, no início da Av. Marli Boueres, um problema urbanístico antigo que deve ser resolvido. 

VÍDEO: Prefeito fala do pedido feito

CAMPUS DO IFMA É INAUGURADO EM PEDREIRAS


Com a presença de representantes dos governos municipal, estadual e federal, foi inaugurado na manhã desta quarta-feira, 28/12, o Campus de Pedreiras do Instituto Federal do Maranhão – IFMA. 

A solenidade de inauguração do IFMA Pedreiras contou com a presença da classe política da região: prefeito eleito Antonio França, vice Éverson Veloso, secretários da futura gestão, deputado estadual Vinicius Louro, ex-deputado Raimundo Louro, deputado federal Juscelino Filho, prefeito de Trizidela do Vale, Fred Maia; o prefeito eleito de São Luis Gonzaga, Dr. Francisco Júnior; a prefeita de Bernardo do Mearim, Eudina Costa. Também estava presente a secretária de Educação Profissionalizante e Tecnológica do Ministério da Educação, Eline Nascimento representou o ministro Mendonça Filho e o Secretário de Indústria e Comércio, Simplício Araújo, o governador Flávio Dino. O Reitor do IFMA, Roberto Brandão; o diretor do IFMA em Pedreiras, José Cardoso, além do prefeito Francisco Antonio Fernandes da Silva (Totonho Chicote) e o presidente da Câmara Municipal, Robson Rios formaram a mesa de honra da solenidade.

O Reitor do IFMA, ressaltou a importância e os esforços de todos que contribuíram para que este sonho fosse concretizado. "Gostaria de lembrar com muito carinho do ex-deputado Raimundo Louro que era então presidente da Comissão de Obras da Assembleia Legislativa, ele encaminhou junto à governadora Roseana Sarney a implantação deste Campus, ao prefeito Totonho Chicote que doou o terreno, ao deputado Vinicius Louro que muito nos ajudou com esta inauguração, todos os nossos diretores, professores e ao Governo Federal na pessoa do querido Ministro da Educação, Medonça Filho, aqui representado pela secretária Eline e a todos pela valorosa contribuição. Este Instituto de Educação irá elevar a formação dos nossos jovens, garantindo a eles um lugar no mercado de trabalho", afirmou o reitor Roberto Brandão.


O IFMA Campus Pedreiras é o 21° inaugurado no Estado, já estão sendo oferecidos aos alunos os cursos de Eletromecânica, Petróleo e Gás. " É um dia de grande festa para nós, agora os jovens pedreirenses e de toda a região, poderão garantir um futuro melhor através destes cursos que estão sendo oferecidos e de outros que virão em breve. Aqui o corpo docente já está oferecendo uma formação técnica de qualidade, com um espaço amplo, bem equipado, para que os alunos possam realizar suas atividades com eficiência, nossa população merece", enfatizou o deputado estadual Vinicius Louro.

Após os pronunciamentos, em que todas as autoridades fizeram questão de demonstrar a importância do Campus do IFMA em Pedreiras, foi descerrada a placa de inauguração do prédio, que já começa a funcionar com cursos profissionalizantes de Petróleo e Gás, e de Eletromecânica, atendendo cerca de 160 alunos nos cursos técnicos de nível médio em 2017.

O Campus do IFMA de Pedreiras conta com 10 salas de aula, 6 laboratórios, uma biblioteca, um auditório, sala de atendimentos médico e odontológico, além da ala administrativa e área de convivência.

Para o ex-deputado Raimundo Louro autor da indicação para a instalação do IFMA na cidade, o esforço valeu a pena. "Estamos aqui colhendo os frutos da nossa indicação junto ao governo estadual em 2013, era um desejo da nossa querida Pedreiras a instalação deste IFMA. O esforço de todos valeu a pena, quem sai ganhando são os nossos jovens e todos que serão beneficiados com com mais um pólo de educação em nossa região", declarou Raimundo Louro.

ABAIXO, VEJA REGISTROS FOTOGRÁFICOS

VIOLÊNCIA | ASSALTANTES FAZEM REFÉNS E ATERRORIZAM NO BAIRRO MARIA RITA




"Quero agradecer a Deus por estar vivo, depois de um assalto ocorrido hoje em minha residência, por volta das 21:00. Três rapazes aparentemente menores, fizeram meu esposo e eu refém, com armas brancas em meu pescoço, trancaram o meu esposo no quarto e andaram comigo por toda a casa à procura de algo pra levarem. Levaram nossos celulares, e a nosso moto Fan Vermelha, com placa NMX 8339. Como eu dizia aos mesmos que estavam nos assaltando, levem o que quiserem, mas nos deixem vivos. A todo momento eu rezava em silêncio, pedindo a Deus pelas nossas vidas. Ainda estamos em choque, mas o mais valioso nos restou "Nós Dois"", relata agradecido, o professor Vínicius Pereira. 

Esse, infelizmente é mais um trecho da história de violência que Pedreiras vem escrevendo nesses últimos tempos. Nossa terra está em plena escalada de violência. As pessoas estão em pânico, atordoadas, como se tivessem sempre olhares à espreita voltadas para elas. Olhares de um predador voraz que nunca sacia a fome. Nós, as vítimas ficamos entalados com um sentimento angustiante de quem está acuado, encurralado, e que logo pode ser abatido. 

Pedreiras vive uma epidemia de violência, assim como a maioria das cidades do Brasil. Nunca tantos crimes aconteceram entre os pedreirenses. A maior parte desses crimes está associado ao tráfico de drogas e na maioria das vezes com a participação de menores de idade. 

O Governo Federal continua omisso, o estado do Maranhão, desmamado, só faz côco na frauda e o município, coitado, com lama até o pescoço, assiste esse tenebroso espetáculo da escalada da violência - não quero nem comentar os próximos atos dessa peça diabólica. 

Nessa novela cheia de clichês, só nos resta saber quem será a próxima vítima?

QUIM BucKLaNd | No ar, O Sobrevivente!


Com exclusividade entrevistamos seu José Gonçalves, um dos dois sobreviventes de um acidente na BR-316, envolvendo uma van que partiu de #Pedreiras com destino a Teresina, no Piauí. Emocionado, ele fala do antes e depois do fato que vitimou cinco pessoas, três delas vieram a óbito e uma encontra-se em estado grave.

COLUNA DO PG | PEDREIRAS... DE TANTAS LENDAS


por Paul Getty

Terra cantada e decantada em verso e prosa com muita beleza por esse imenso Brasil, onde é sinônimo de cultura e arte. O cartão postal do seu coração não despreza o centro dessa cidade, nem esconde a periferia. Em Pedreiras, os apaixonados vivem a dizer que arte e poesia, brotam no solo fértil cultivado, como nascentes de um caudaloso rio, e segundo as lendas as pedras se encontram! Dom Jacinto veja como é bonito/A igreja preparada pro festejo de São Benedito.

Pedreiras de tantas lendas, mais verdadeira do que a própria história, é um precioso documento que grava, que comove, e fica para sempre na memória do povo. Conhece a velha piada que diz que não pode se esticar a perna em Pedreiras sem antes chutar o traseiro de um poeta? Será então uma lenda que “o poeta é uma mentira que sempre diz a verdade?".

Nossos ouvidos sempre acordam com o som da cidade, com os gritos dos vendedores, com o vozerio na feira, com o som dos alto-falantes, e temos a sorte de morar num bairro em que se ouve o sino da igreja, um doce som que deleita o santo ouvido, e como diz a lenda, as pedras se alegram e cantam! Pedreiras minha terra/Minha casa, meu chão/A alegria do meu canto é assim/Pra enfeitar teu coração.

O caminho das pedras vive no limiar da nossa LINHA IMAGINÁRIA, pois só elas têm o poder de desatar os nós de poesia, os nós cegos do silêncio, e por isso, com razão, acreditando em lendas, as pedras em Pedreiras nunca se cansam! João Muniz, hoje teu boi não dança/João de Bronze, tua arte não me cansa!

Nossa cidade Pedreiras é feita de artistas, de uma musicalidade no silêncio do poema. Outra lenda - o som é uma voz que circula o ar e que invade a todos, e permite aos pedreirenses sentir e sonhar. Os sons que tocam no seu coração são os mesmos que tocam na sua alma! Pedreiras meu pedaço de canção / minha cidade, minha poesia / Verso, universo da minha alegria / Terra onde plantei meu coração.

A todos os Pedreirenses e aos que escolheram para morar nessa cidade... Um Feliz 2017

_
Paul Getty S Nascimento
Poeta, compositor e membro da APL - Academia Pedreirense de Letras

BRAVURA | POLICIAL QUE REAGIU A ASSALTO, JÁ HAVIA SIDO CONDECORADO POR AÇÃO SEMELHANTE NO PARÁ



O Policial que reagiu ao assalto no Depósito de Bebidas do Sr. Dinart, em abril deste ano já havia reagido a uma tentativa de assalto na cidade de Canaã do Carajás no estado do Pará, onde baleou e prendeu dois meliantes.

Aqui em Pedreiras, no ocorrido de hoje, Arlan Carvalho estava de passagem fazendo compras para as festividades na cidade de Joselândia. O policial, que tem amigos em Trizidela do Vale e Joselândia, sofreu um golpe de facão na cabeça, após tomar a arma de um dos bandidos e em seguida disparar contra o mesmo meliante.

Veja matéria do PORTAL CANAA

Policial reage a assalto e baleia assaltante, em Canaã dos Carajás

Um policial militar de folga reagiu a um assalto e baleou um criminoso em Canaã dos Carajás. De acordo com informações da Policia Militar, o policial estava com seus amigos em frente a tradicional panificadora Hollywood quando dois assaltantes em uma motocicleta Pop de cor branca, desceram do veículo com uma arma de fogo, aparentemente pistola, logo em seguida anunciaram o assalto, o policial rapidamente sacou sua arma e efetuou um disparo na perna de um dos indivíduos, para preservar a sua integridade física e de seus amigos. O caso aconteceu por volta das 22:15 horas na noite da ultima segunda-feira (4).

A equipe de reportagem do Portal Canaã foram as ruas ouvir os moradores, mas muitos não quiseram falar ou se identificar com medo de retaliações. “Ultimamente ouvimos muitos relatos. São pessoas que vão para o trabalho, ou pegam ônibus, ou saem para passear com o cachorro, e é assaltado”, explicou um morador da avenida Weyne Cavalcante.

Ambos os suspeitos de assalto foram encaminhados à delegacia de Polícia Civil do município de Canaã dos Carajás. Confira abaixo imagens da câmera de segurança que conseguiu registra o momento da tentativa de assalto frustada.

Redação do Portal Canaã

portalcanaa.com.br/

ACABOU! TERMINA BEM ASSALTO EM COMÉRCIO DE BEBIDAS




Policial: "na hora do assalto eu tomei a arma da mão do bandido e atirei nele com a própria arma dele".

O policial foi encaminhado ao Hospital de  Presidente Dutra para realizar tomografia, pois recebeu um gemas golpe de facão na cabeça. 

Dinart e sua família estavam escondidos na parte superior da casa, ainda com medo. Fato que fez com que a polícia fizesse o cerco e permanecesse no local colhendo informações, isso gerou todo esse pandemônio de informações. 

Dinart acaba de dar entrevista afirma que tudo está bem: "não desejo a ninguém que passe o que passei hoje com minha família. Vi o bandido encostar uma arma na cabeça de minha filha"

Um bandido, menor, muito conhecido da polícia, foi baleado e está sendo encaminhado para atendimento hospitalar.

Dinart está bem. Foi a delegacia prestar depoimento. 

Prejuízo: relatos de parentes afirmam que 28 mil reais em dinheiro e 800 mil em cheques foram levados.